Mapeamento Genético para Performance Esportiva

Mapeamento Genético para Performance Esportiva

O seu filho nasceu para correr, nadar ou jogar futebol? Percorrer distâncias longas ou curtas? E você, será que está aproveitando ao máximo sua carga genética no esporte que está praticando?

Hoje já é possível saber isso através de um teste genético. Por meio de equipamentos chamados sequenciadores de DNA, os cientistas de hoje podem ler, com precisão, regiões do DNA relacionadas ao desempenho físico, essas regiões são chamadas de marcadores de DNA para aptidão física.

O teste sugere se a pessoa teria mais sucesso em esportes de velocidade, como futebol ou corridas curtas, resistência, como maratonas, ou a combinação das duas características.

Este teste pesquisa por marcadores genéticos, sendo o mais conhecido, o gene ACTN3. Estudos científicos têm mostrado que indivíduos que possuem a variante genética R577X em ambas as cópias do gene ACTN3, apresentam uma predisposição natural para esportes de resistência. Se esta variante genética esta presente em somente uma copia do gene, o individuo pode ser igualmente apresentar uma predisposição para esportes de resistência bem como para esportes de velocidade. Entretanto, se a mutação R577X não se apresentar em nenhuma copia do gene ACTN3, o individuo pode ter uma aptidão natural para esportes de explosão e velocidade.

Utilizando tecnologia de ponta, a divisão de Biotecnologia do Grupo São Camilo desenvolveu testes genéticos, de última geração, para detectar sua melhor aptidão esportiva. Os testes direcionam a prática esportiva, de acordo com sua predisposição genética para: atividades de força, de resistência ou de explosão muscular.

Uma vez reconhecido o perfil de resposta a determinado tipo de atividade física, o programa de treinamento desenvolvido por seu personal trainer ou instrutor, torna-se muito mais eficaz e direcionado, mesmo para pessoas que pratiquem atividades físicas ocasionais. Nosso painel genético esportivo também é fortemente indicado para treinamento de atletas profissionais, individuais ou em esportes coletivos. Com o nível de competitividade e eficiência física cada vez mais altos, a predisposição genética pode auxiliar na elaboração de treinamentos específicos para determinados atletas dentro de seu perfil de modalidade, aumentando assim, sua resposta aos treinamentos e às competições, efetivamente.

Um esporte para cada perfil

Se o Exame de DNA indicar a predominância do genético de força: Se o Exame de DNA indicar a predominância do genético de resistência:
Corrida (100 a 800 metros) Corrida ( 5 Km ou mais)
Natação (50 a 200 metros) Natação (400 metros ou mais)
Judô Remo
Ciclismo de curta distância Ciclismo de longa distância
No futebol, zagueiro e atacante No futebol, meio de campo e lateral
No vôlei, salto e cortada No vôlei, líbero

O Exame de DNA é simples, feito a partir de uma amostra de saliva e custa a partir de R$ 200,00 no Brasil.

Valério Américo Balani
Mestre em Biologia Molecular e Genética
Diretor da Divisão de Biotecnologia do Grupo São Camilo